A grande diferença

Publié le par alinemariane

Verdade que existem algumas diferenças, mas na essência, pobreza é pobreza nao importa onde.

Achava que Dakar nao seria um choque pra mim, como jah escutei de europeus e mesmo de brasileiros. Lixo, falta de infraestrutura, desorganizaçao, doenças, questoes na relaçao com os paises ricos... Isso tudo tem no Brasil! Imaginava que seria apenas uma questao de dimensao.

Mas o mais chocante pra mim aqui foi um clichê que nos brasileiros estamos cansados de ouvir: a natureza é muito generosa com o Brasil.

Disse que era um clichê. Um clichê irritante. Detesto quando mostram as praias cheia de coqueiros, as cataratas do Iguaçu, a floresta Amazonica, Pantanal, Chapada da Diamantina, araras, peixes pra dizer "ah, como o Brasil é um pais rico". As vezes ainda mostram os prédios espelhados de Sao Paulo, a vista do Ibirapuera ou da Marginal Pinheiros (algo pra dar uma falsa ideia de que lah natureza e cidade convivem bem, grande mentira!).

Mas é nisso que penso todos os dias quando atravesso Dakar e procuro verde, uma arvorezinha, mato... Nada! Onde no Brasil a gente vê crescer mato, aqui soh tem areia. Nao tem passaros, nem urubu. Mas tem cabras, bodes e cavalos pra todo lado. Um criador de cabras (que ainda é taxista, técnico de informatica e professor de escola primaria) amigo nosso as alimenta com uma mistura de cascas de frutas e, pasme, papelao!! Nao tem reciclagem de nada, todo o lixo fica espalhado pela rua mesmo, seja carne podre, seja latinhas de aluminio. Ah, tem muita mosca, mosquito, barata...

A grande diferença da pobreza africana e da pobreza brasileira é que brasileiros somos muitos ricos - e esquecemos disso!

Publié dans em português

Commenter cet article