Quem está vivo manda notícias

Publié le par alinemariane

E eu estou!

 

Fazia um tempão que eu mesma não xeretava o meu próprio blog. E qual não foi o meu susto em abri-lo e ver um monte de propagandas! Sim, propagandas! Não, não fui eu que deixei - credo, nunca colocaria propagandas no meu blog, nem pra ganhar 6 centavos por mês. Escrevo mal, minha vida é super-sem-graça e eu não tenho nenhuma informação nova para passar. Acho até que vocês, queridos três leitores, deveriam ser pagos para lê-lo... não por mim, claro. Alguém aí quer financiar meus três leitores?!? hehe

 

Enfim. No site do OverBlog, esse esquisito, falava que o blog estava inativo por mais de 45 dias e, segundo os termos de uso (aqueles que eu nunca leio) eles tinham o direito de colocar propagandas onde bem quisessem... até que eu publicasse uma coisa nova! Ah, é? Então, voilà! ;)

 

Acabei me dando conta que nem contei pra vocês como foi minha viagem para o Sudão, né? Foi bem legal, super tranquila. Até usei calça duas vezes. Cartum é uma cidade bem desenvolvida, tão cheia de areia quanto Dakar e tão caótica quanto Nairobi. O mais impressionante de cidade são os dois Nilos, Nilo Branco e Nilo Azul, que se encontram pra formar o grande Nilo, aquele que vai até o Egito. Apesar de já ter estudado na escola que as margens do Nilo são férteis para a agricultura, nunca imaginei assim: 50m de cada lado do rio é verde, cheio de cultivos (limão, laranja, abacaxi, tâmara, alface, rúcula, tomate, muito milho etc.). Depois é areia. Muita areia. Nenhum matinho, nenhum verdinho. A cidade é construída nesse areiume.

 

O calor também é impressionante. Eu me achava tolerante ao calor até conhecer Cartum. Gente, fazia 39° à noite, de madrugada!! Durante o dia, passava dos 49°!!! E incrivelmente seco. Um horror!! E então as roupas compridas e largas fazem todo sentido: assim a gente guarda um pouco de umidade e protege a pele do sol, já que os nossos cremes solares não são feitos para 49°. Mesmo os homens se cobrem. Também fiquei impressionada pelo habub ou tempestade de areia, que aconteceu bem no meio da viagem. Os ventos trazem a areia do deserto de maneira a encobrir o sol! Assim, a temperatura desce um pouco, fez uns 36°, bem mais suportáveis. A areia é bem fininha, fica em suspensão no ar; parece que todo mundo passou uma maquiagem avermelhada. Meus olhos sofreram bastante. No último dia de habub, o vento abriu a janela do nosso quarto e todas as nossas coisas ficaram vermelhas. Eu tinha fechado minha mala, mas marido passou o resto da viagem cheio de areia.

 

O casamento foi bem legal, os noivos estavam muito lindos. A grande festa (já tinha acontecido duas e haveria mais uma) começou depois das 21h30 e terminou às 23h - a regra é terminar às 22h, mas eles conseguiram prolongar de uma hora dando um dinheirinho para a polícia. Foram servidos pratinhos individuais embalados com uns pãezinhos e docinhos árabes. Obviamente, nada de álcool. Depois uma cerimônia tradicional, cheia de perfumes, incenso, pipoca e chocolate. O mais legal foi conversar com os pais da noiva (francesa bem loirinha), pegos meio no choque com a filha se casando com um sudanês. Mas eles eram gente finíssimas e levaram tudo numa boa. Engraçado também era o namorado da irmã da noiva, americano. Coitado, o visto dele foi ainda mais caro que o nosso e todo mundo torcia o nariz pra ele...

 

Hmm, será que esqueci alguma coisa? Ah, de mostrar pra vocês o meu vestido, o que usei no casamento, quase um mostruário de armarinho de tantos vidrilhos. Porque quem cospe pra cima, sabe como é...

 

Aline e o vestido cheio de vidrilhos >vestido-sudao.JPG

 

Publié dans em português

Commenter cet article

Juliana 07/10/2011 16:25



Olá Aline! Gostaria de conversar com você sobre a possibilidade de um trabalho para um cliente aqui da agência! Você pode me mandar seu email?



Suely 31/08/2011 02:19



Que linda!



mariana 29/08/2011 00:19



Pô Aline, posso ser sincera? Odeio o over-blog, pronto falei! heheh...


Voltando ao post: adorei o vestido, adorei ver post novo no blog!!! 


Vê se aparece mais frequentemente!!! bjus!!!



Helena 27/08/2011 01:13



Ai, Aline, que medo dessa tempestade de areia... te cuida nas tuas aventuras! :) Deve ser algo magico estar num pais tão diferente de tudo que a gente esta acostumado...


Ficou super bonita com esse vestido e super-apropriado, eu imagino. Beijo



26/08/2011 17:29



Ta' linda! ;)


 


Welcome back!