Canelada fora dos padrões

Publié le par alinemariane

canelada

E na França eu virei gorda. Não, não estou falando dos 4kg a mais, "bem" distribuídos entre os joelhos e o umbigo. Eu já era gorda antes disso.

Na verdade me falta uma expressão, não é exatamente gordo que eu quero dizer. Trata-se simplesmente da relação altura e largura das pessoas, da composição corpórea. Longe de mim qualquer julgamento estético!

Acontece que eu sou redonda enquanto as francesas são finas. Isso explica uma dificuldade enorme de achar calça jeans, que ficam apertadas e largas ao mesmo tempo.

Inverno passado, comprei uma bota. Rodei Angers para achar uma bota que eu gostasse, cujo preço fosse acessível e... que fechasse na minha canela!

Aí então eu notei que as francesas são aparentemente mais magras e têm, normalmente, a canela fina. Reparava as botas sobrando propositalmente. Descobri até que existe botas "gros mollets", ou seja, bota para canela grossa!!

Ter canelas finas é visto como um grave defeito na minha família. Várias das minhas tias, primas e a minha mãe morrem de complexo de suas canelinhas. Sofrem chacotas. Cresci achando que era uma sortuda de ter canelas grossas...

Minha tia diz, para se desculpar, que canela grossa é marca de pessoas preguiçosas. Segundo ela, a grossura da canela era critério para se escolher escravos trabalhadores antigamente.

grosmollet.jpgAqui na França, a situação se inverteu. O que era uma qualidade, virou um defeito. Comentei da minha "saga" para achar uma nova bota com uma coleguinha e ela me apresentou uma amiga "que tem o mesmo problema". Situação meio Alcólicos Anônimos...

A tal menina é uma verdadeira traumatizada! Ela me presentou meias compressoras, cremes e exercícios para afinar a canela e vive me convidando para os fóruns de discussão sobre soluções para esse "problema".

Tudo isso me faz ficar ainda mais revoltada com a pressão de padrões estéticos. Que padrão? A canela fina que é feia no Brasil é bonita na França!

Ainda não achei uma bota nova que entre nos meus três critérios, principalmente na minha canela. Tudo bem. A primavera vai chegar logo, espero.

Publié dans em português

Commenter cet article

Joia 21/08/2011 11:47



Cara Aline,


para tudo tem soluçao... deixe para là esta historia de meias de compressao e cremes especificos... o negocio é achar o que te acerta, na canela e no bolso nao é? Entao tente o site Taillissime,
do La Redoute, onde você acha muitas botas para "mollets larges" que na verdade sao as nossas canelas normais de brasileiras "redondas" e nao "finas" :-)


Boa sorte!


Joia



Helena 28/01/2011 13:35



Eu sou uma magrela com a canela mais fina que eu conheço e tenho dificuldades para comprar calças e botas no Brasil :P


Botas ficam muito largas, e calças ficam sobrando na bunda/pernas :(


Por isso, faço a festa quando estou na França e é época de soldes, só aí para eu me vestir como eu gosto.


Mas realmente, essa coisa de padronização me irrita muito. Tipo, agora tá na moda sapatilha com uma flor ou um laço em cima. Eu quero uma lisa, sem isso, e não encontro, porque TODAS as
sapatilhas agora tem flor ou lacinho. Tipo, para que fazer tudo igual? As pessoas são diferentes e tem gostos diferentes. Aí na França acho que a indústria da moda pelo menos diversifica um pouco
mais...


Beijo e boa sorte na busca da bota!



caso me esquecam 27/01/2011 09:40



opa! quer dizer entao que aqui canela fina eh bom? entao, tou bem hohoho eh engracado, a mae de camilo eh bem magra e tem quadril largo, acho bonito o corpo dela, mas fui comentar isso com camilo
e ele pediu pra eu nao comentar com ela isso porque ela nao gosta do corpo por causa do quadril. fiquei besta! 



27/01/2011 08:53



Entendo perfeitamente o seu problema e compartilho do seu sofrimento. :-)

Até que sou magra, mas tenho canela grossa também. Cada vez que preciso comprar botas é um deus nos acuda. Experimento varias botas e nenhuma fecha. Resolvi o problema: agora so' compro botas que
tenham elastico ou seja, sao ajustaveis.

E comprar calças também é um saco. Apesar de magra, tenho quadril (brasileirissima, né?), enquanto as francesas sao todas retinhas.