Luta, o esporte nacional senegalês

Publié le par alinemariane

Paixao nacional por um esporte, todos sabemos como é. Falar de futebol é com a gente, e confesso que acho um pouco estranho quem nao é apaixonado por futebol...

A paixao nacional aqui no Senegal é a luta tradicional. Nao consigo chamar nem de lutra livre, nem de boxe, judo, nada que conhecia antes. é a luta tradicional senegalesa e ponto final. Como eles acham estranhissimo quem nao gosta do tal esporte, la fui eu tentar entender.

Pra começar, paixao é paixao nao importa onde e por qual esporte. Isso quer dizer que eles também nao saem de casa antes do combate ter terminado, durante o combate ninguém trabalha, um combate pode ser assunto para semanas... exatamente como o futebol no Brasil!

As regras parecem simples e estao entre o judo e o sumo. O objetivo é jogar o adversario de costas, dentro do ringue. Isso acontece entre 2 e 7 minutos. Sim, so isso, é rapidissimo!!

Ou melhor, seria rapidissimo. O esporte envolve muito mais que a luta em si, mas um verdadeiro ritual. é nesse momento que reconheço a espiritualidade africana, magias e cranças. Bem reprimido pelo islamismo (tem la seus furos, essa inter religiosidade que a gente conhece bem), as crenças negras encontram seu espaço nesse esporte. Sao milhares de "grigris" ou amuletos da sorte, amarrados pelo corpo do lutador. Ele parcticipa de uma série de banhos de oleos, leite, lama. Mastiga palitos de madeira, carrega cobras, galinhas, da beijos na terra, no treinador, pisa em meloes, faz desenhos com um suco pelo corpo. Eles dançam, parecem entrar em transe enquanto um grupo compenetrado toca tambores. Um espetaculo!

A torcida entra nessa. Sao muitos os que parecem estar em transe também, arregalam os olhos, gritam em direçao ao lutador escolhido, dançam, tocam bumbos...

Também é um bom espaço midiatico. Atualmente, os grandes combates sao patrocinados pela companhia de telefonia movel Orange e o logo esta em todos os lugares. Na TV, sao os horarios mais caros e mais de 80% do tempo de transmissao de uma luta é preenchido com publicidade. Obviamente, nenhum homem publico perde a oportunidade de aparecer nesse momento celebre, entao é comum num grande combate estarem presentes o presidente e todos os ministros, o que exige um batalhao de miliates de quepes vermelhos e armas gigantescas.

Os torcedores discutem o poder dos amuletos e das magias. A crença é a de que o ganhador nao é necessariamente o mais forte ou o mais preparado, mas o que fez as melhores magias, que é guiado pelo melhor guru e usou os melhores grigris. Um torcedor que me contava as maravilhas que os grigris faziam pelos lutadores, que eles dobram de tamanho e que podem carregar um caminhao com um braço so... Nao sei se tenho mais medo do lutador ou do grigri, hehe!

Publié dans em português

Commenter cet article