Brasil, uma novela

Publié le par alinemariane

Adoro novelas! E nao tenho vergonha disso.

Amo os folhetins, como toda brasileira - ok, pode existir uma porcentagem de brasileiras que nao gostam de novelas, mas tenho certeza de que é bem baixa. Depois da ECA, dos meus queridos colegas e professores noveleiros, de varias discussoes e analises das novelas brasileiras, gosto ainda mais.

Aqui em Dakar, quando falo que sou brasileira, enquanto a reaçao dos homens é "Ronaldo", "Kaka", "Santos", as mulheres logo lembram "Matheo", "Giuliana"!

Terra Nostra foi um grande sucesso aqui. Parece que tem pouco mais de um mês que terminou no canal aberto WalfTV. Um sucesso! Sempre dizem que os brasileiros sao bonitos (aahh, se todos os brasileiros fossem o Thiago Lacerda...), se tem muito italiano no Brasil...

Incrivel como as novelas têm um papel importante para a identidade do povo brasileiro, nao apenas dentro do pais! Se mesmo no Brasil, por meio da telinha, temos a impressao de que é um pais de brancos, que SP e RJ sao cidades lindas e limpas, que todos andam maquiados e bem penteados... imagina no exterior!

Mas, na verdade, a origem da novela nao é uma questao importante. A cultura que esta por tras dela também nao. O que interessa mesmo é o enredo açucarado, dramatico, com mulheres sofredoras e bonitas no papel principal.

Alguma coisa fica, como a relaçao Brasil e Terra Nostra, Colômbia e Café com Aroma de Mulher. No mais, so mesmo as personagens principais.

Neste momento sao 3 os grandes sucessos nas salas de TV de Dakar, mexicanos, claro:

La fille du jardinier >>
Esta nos ultimos capitulos e passa duas vezes ao dia! Ja vi pessoas discutindo na rua, é comum ouvir "preciso ir embora para ver a Luisa Fernanda". Sim, o nome da personagem pricipal nao foge do estereotipo novela mexicana e seu par romântico (e sofriiido), também nao, o Dr. Carlos Eduardo. A filha do jardineiro descobre que, na verdade, é a neta do patrao e a unica herdeira de uma fortuna. Adivinha so?!

<< De Tout Mon Coeur
Patito Feo no original, é uma especie de RBD remake. A personagem principal é Patricia, uma Ugly Betty adolescente, de aparelho, oculos retrô e um péssimo gosto para roupas. Claro que tem musiquinhas traduzidas e dancinhas no estilo High School Music. Nos proximos capitulos ela vai descobrir que é, na verdade, irma da vila da historia.

Marina >>

Co-produçao americana, tem cenas em NY e panoramas maravilhosos de Acapulco. Mas a historia da protagonista Marina, riquissima dessas que esta de babyliss até quando acorda, é bem obvia: seu filho foi roubado ainda bebê e foi encotrado por uma mulher muito pobre. Detalhe que todas as mulheres pobres da trama usam a mesma roupa, uma especie de avental.

Descobriram qual é o meu assunto com as mulheres por aqui?!

Acho que isso tem a ver um pouco com a lingua, também. As novelas sao dubladas em francês e, para uma boa parte das pessoas, o unico momento que o escutam. Entao, a comunicaçao fica mais facil.

Publié dans em português

Commenter cet article