1001 banhos

Publié le par alinemariane

Falando em estereotipos, nao sei de onde os brasileiros tiraram que os franceses nao tomam banho. Esse é um estereotipo irritante. Habitos "banheiristicos" e de faxina na França podem até ser diferentes, mas nao quer dizer que nao gostam de banho ou de limpeza!

DOUCHE.JPGQuando falo no Brasil que meu namorado, ops, marido, é francês, sempre escuto "E ele toma banho?". Tento ser bem-humorada e responder "Sim, eu obrigo". Meu cherido nao é nada diferente de outros namorados que tive no quesito "banho". E nao estou "queimando filme" de ninguém (espero!)! Como sou menina de vaidade média-baixa, dessas que compra o shampoo mais barato e so usa maquiagem em casamentos (nao o proprio), nao acho que teria namorados mais vaidosos que eu mesma. Ja basta minha mae dizer pra "passar um batonzinho" e colocar brinco.

Os habitos "banheiristicos" sao diferentes porque a vida no geral tem la suas diferenças. Ja ouvi de varias pessoas por aqui que mais de um banho por dia faz mal. Bem, ja tomei muitos dois banhos por dia e nao fez mal algum, mas é verdade que aqui, no meu ritimo de vida atual (que nao deve ser muito diferente da média) nao faz o menor sentido. Nao faz calor, nao sou atleta, os cosméticos sao otimos, enfim, um banho por dia esta otimo.

Além do clima, a agua é diferente. Ok, nao sei explicar como agua pode ser diferente, aceito ajuda de algum quimico. Acontece que aqui nao preciso lavar o cabelo todos os dias, como sempre fiz. No Brasil, em 24h meu cabelo passa do estado solido para o estado liquido, iec. Aqui nao. Nao sei o porquê, mas sei que acho otimo!

Ralo.jpgEnfrentei problemas de falta d'agua no Senegal e comecei a dar muito mais valor a uma duchazinha quentinha. Vi que uma parte dessa "mania" brasileira por banhos é porque ha agua em abundância, acho que se sofressem um pouco mais, nao ficariam dizendo que sao os europeus nao gostam de banho!

Talvez seja mera questao de arquitetura. Ja cometei que aqui em casa, como a maioria das casas francesas, o toilette (quartinho onde fica o vaso sanitario) é separado da salle de bain (onde fica o chuveiro e a pia). Acho esquisitissimo e até nojento, mas pra todos os franceses isso é uma grande vantagem. Entao, no minimo, deve ser normal.

O unico ralo no chao é o que fica debaixo do chuveiro. Descobri que nao sou a unica brasileira chocada com isso, ha um blog especialmente dedicado ao tema, o "sem ralo". Por sinal, um texto meu foi parar la.

banhoHa expressoes diferentes para banho de banheira (prend un bain) e banho de chuveiro (prend une douche). Loic ficou espantado com o chuveiro elétrico no Brasil, morrendo de medo de levar choque. Ele tem razao, coisa de doido esse chuveiro elétrico barulhento e nada ecologico! Aqui, toda casa tem aquecimento central, geralmente também responsavel pelo aquecedor de ambiente, essencial no inverno. Hoje em dia isso me parece tao evidente...

No apê atual nao tem banheira e acho otimo! No apê de Paris, por mais que limpasse tinha a impressao que a banheira ficava ensebada. Sem contar que nao era nada agradavel ficar me equilibrando la dentro, depois que descolei um suporte para ducha na parede.

Também tem a diferença de acessorios. No lugar da esponja de banho, é comum por aqui usar uma espécie de saquinho de tecido de toalha, chamada de gant de toilette, que traduzindo literalmente é "luva de banheiro". Todas as esponjas de banho sao chamadas assim. Olha, confesso que até hoje nao entendi muito bem como se usa isso. Ja ouvi brasileiros dizerem que é nojento, mas nao vejo onde ser nojento se é bem lavado e seco... Pra mim é estranho o fato de nao fazer espuma, por isso continuo usando esponja de nylon.
gant-de-toilette.jpg
Imagino até que a tal luvinha tenha alguma utilidade que eu ainda nao entendi. Isso porque toda vez que vou à casa dos meus sogros, a sogra insiste pra me emprestar uma gant. Eh um pouco dificil tomar banho na casa deles. Além de nao ter o suporte na parede para a ducha, nao tem cortina ou box. E  também nao arrisco ficar sentada na banheira (afinal, tomo banheiro de chuveiro, nao banho de banheira!). Resultado: uma molhança sem fim! Eu bem que tento me conter, mas quando vejo os tapetinhos estao todos encharcados. Soh eu faço isso. Sera que a luvinha de toalha esta relacionada com o diluvio no banheiro? Alguém sabe?

bombril_1.jpg

Por um motivo que vale um post so para ele, tenho tentado explicar ao Loic o que é um BomBril. "Eh uma espécie de esponja de la de aço descartavel e altamente enferrujavel que os brasileiros usam pra lavar louça, além da esponja normal, do sabao e do detergente." Das 1001 utilidades, as duas que me vêm em mente nao fazem o menor sentido pra gente aqui: nao temos panelas de aluminio nem antena de TV. Pensando bem, BomBril é uma coisa inutil. Vou avisar minha mae. 

 

Todo esse devaneio sobre banho pra contar uma coisa bonitinha. Como em todas as viagens, Loic me traz de presente cangas e jornais locais. Dessa vez ele trouxe também o que chamou de "BomBril sudanês". Quase morri de rir quando abri o pacote.

 

buchas.jpg

Era uma daquelas buchas vegetais! Ele me contou todo contente a sua descoberta: na verdade é uma fruta que se abre e deixa secar. Depois corta em pedaços e usa pra tomar banho. Claro que eu conhecia muito bem, fiquei me lembrando de quando criança vi uma bucha-fruta pela primeira vez e também achei o maximo! Bem, nao sei se é comum no Brasil todo, mas tanto em SP quanto em MG é comum achar essa bucha vegetal na feira. Na minha casa sempre teve, nas minhas avos e tias também. Eu que uso esponja de nylon e nao apresentei a bucha vegetal para o Loic! E ele foi descobrir no Sudao!

Depois mostrei pra ele que nos supermercados aqui também ha buchas. So que estao cortadinhas, costuradas com tecido, tingidas, cheias de frescura e chamadas de gant. Mas é a mesma planta. Como o leite de caixinha e o algodao de pacotinho, ja sem as referências originais.

Meu cherido é o mais novo adepto da bucha vegetal, que toda a familia no Brasil usa. Eu disse que os habitos "banheiristicos" eram um pouquinho diferentes? Que nada! A gente aprende rapidinho!

Publié dans em português

Commenter cet article

Barbara 11/04/2010 11:36



Aqui na Alemanha a relacao do povo com os banhos é parecida com a aí na Franca... Eles tomam banho sim, mas de uma maneira um pouquinho diferente.


Uma professora minha do curso de alemao da uni falou que só toma banho (ducha) uma vez por mês e eu fiquei horrorizada!!! Depois ela explicou que se limpa todos os dias direitinho, e perguntou: _
Vocês já sentiram algum cheiro em mim??? De verdade, nao, eu até achava ela bem limpinha, sempre arrumada e com o cabelo limpo...


Enfim, é ai que entram aquelas toalinhas de mao que você falou no post. Isso quem me explicou de forma gráfica pra que eu entendesse foi uma francesa, porque na minha ignorancia de brasileira, a
unica maneira de se limpar e debaixo de uma ducha. ELa me disse que eles molham essa toalinha com a agua e sabao e esfregam o corpo todo, limpam tudo direitinho, sem entrar debaixo dágua,
economizando muuuuuuuuuuuuuita agua. Ela disse que dá pra se limpar normalmente, mas eu ainda acho nojentinho.


Minha amiga francesa nao me convenceu a seguir esse costume, continuo tomando meus banhos diarios com muita agua quente, principalmente no inverno, pra ver  se me esquento um pouco, e sei
que os alemaes tem horror desse nosso hábito, da mesma forma que temos horror do hábito deles... Mas agora eu entendi que nao tomar banho (ducha) todos os dias, nao significa ser sujo,
porquinho...rs


abraco



Raiza 04/04/2010 04:21



Segundo uma antiga professora de francês minha,a gant é por que antigamente (com os problemas de água encanada e talz) as pessoas não tomavam banho mesmo,então simplesmente molhavam a gant e
passavam nos países baixos.Isso valia como banho.Não sei se a informação procede,mas foi o que ela me contou e como ela foi criada por europeus,acho que confere sim.



Amanda 02/04/2010 09:26



Eu tbm não preciso lavar os cabelos todos os dias na França, é tão bom!! Quanto a molhar todo o banheiro na casa da sogra, posso dar uma explicação. Aqui em casa é o mesmo esquema: não tem
cortina nem chuveiro, então o negocio é tomar banho sentada mesmo! Eh so deixar a banheira sempre limpinha. Ficar encharcando o banheiro cada vez que tomar banho não da né? Não tem ralo por aqui,
vc sabe, ne? Hehehe!


Sobre a maldita pergunta "seu marido toma banho" que reune duas coisas que eu detesto: a palavra marido e ideias pre-concebidas, eu faço como a Luci e sou um pouco grossa mesmo. No inicio era
engraçadinho, mas depois de 5 anos de namoro a piada vai perdendo a graça, sabe como é. Beijos!



luci 01/04/2010 19:22



hahahahaha! meu deus! el toda feira do NE tem esse tipo de bucha. nossa. engracado, cultura eh mesmo uma coisa foda. com a questao de perguntarem se camilo toma banho, eu sou menos legal que
voce. "deve tomar mais que tu, pelo visto". depende da pessoa claro. se eu nao tenho intimidade, eu soh sorrio. grh...


nesses dias no brasil eu tomava tranquilamente quatro banhos por dia. e admito: ontem eu dormi sem tomar banho. foi indo, foi indo e, quando vi, o dia tinha acabado e eu ja tava morta de sono na
cama. neh foda? nao eh uma coisa que eu me orgulhe, mas pelo menos eu penso "seria impossivel isso no brasil". ECA!



Helena 01/04/2010 18:49



Não sou especialista em questões de água, mas acho que não é ela a responsável pela mudança no teu cabelo, mas o clima! Porque no Brasil o clima é geralmente úmido e na França, seco. Por exemplo,
quando eu morava em Rennes, um dos lugares da FR com clima úmido, meu cabelo era igualzinho ao do Brasil. Quando fui morar em Aix-en-Provence, que é super seco, meu cabelo sofreu uma mega
transformação, hehehe. Mas isso tudo é um achismo meu.


Sobre os ralos: a francesada que esteve esse ano nos visitando aqui no BR adorou os ralos por tudo que é lugar. Ralo na sacada, ralo no chão da área de serviço, ralo no chão do banheiro... eles
acharam prático e ficaram se perguntando porque na FR não tem esse sistema...


E quanto à "lenda" de que FR não toma banho: uma das respostas clássicas é que antigamente não era um hábito tomar banho todos os dias, por falta de água encanada, falta de água fornecida
facilmente, escassez, guerras, etc. Então, esse hábito se perpetuou durante algum tempo, o que as novas gerações já mudaram e, sim, tomam banho todos os dias. A mãe do maridón, por exemplo, toma
dois banhos por dia porque ela passa o dia correndo pra lá e pra cá, faz esportes, etc. Outra teoria do motivo de encontrarmos gente que não cheira bem no metrô, nos ônibus, etc, é que os
franceses não têm o hábito que nós brasileiros temos de trocar de roupa todos os dias. Eles usam a mesma camisa dois, três dias, por exemplo, trocando diariamente as roupas íntimas. Daí, mesmo
limpinhos e de banho tomado, às vezes a roupa não fica com um cheiro agradável... essa teoria é minha, então, nada comprovada, hehehe.


Mas, em qualquer uma delas: sim, os franceses hoje em dia tomam banho todos os dias e não fazem mais jus à fama.


Um beijinho e bom banho! :)